Skip to content

Marketing Sustentável: questão de sobrevivência

30/11/2008

 

O Fórum de Investidores Sociais – FIS, evento organizado pelo Instituto Hartmann Regueira, que ocorreu no início de novembro, trouxe como tema o marketing sustentável.

 

Para a organização do evento, ao longo dos últimos 50 anos a mídia e o mercado consumidor têm se expandido sobremaneira: a influência dos meios de comunicação sobre as decisões de compra cresceu desproporcionalmente e em conseqüência disso, esses fatores têm encaminhado a sociedade mundial para o que podemos chamar de “Era da Responsabilidade”.

 

O Marketing tradicional, que contribuiu para o crescimento do consumo irresponsável, será levado a refletir e divulgar novos valores e hábitos relacionados à sustentabilidade e a ética. A crescente mudança no perfil dos consumidores conscientes das conseqüências do consumo de produtos desnecessários, ou social e ambientalmente incorretos, favorecerá empresas comprometidas com o bem estar da sociedade. O marketing será, mais e mais um importante instrumento para criar mercado através da difusão de valores e hábitos de consumo que construam um círculo virtuoso entre empresas e sociedade, contribuindo para a sustentabilidade econômica, social e ambiental.

 

tabela-consumidor-preocupado

 

O evento contou com a participação do Sr. Eduardo Petit da Maxiambiental, empresa especializada na comercialização de créditos de carbono e Rodrigo Leite do Fundo Crsitão para Crianças, organização que atua em comunidades urbanas e rurais em prol de crianças e adolescentes e famílias em situação de risco social.

 

Rodrigo relatou as dificuldades de se manter a sustentabilidade econômica do negócio e de agir como agente de transformação social e não apenas como agente filantrópico.

 

Já Petit revelou que o mundo enfrentará grandes desafios por conta das mudanças climáticas e os danos ao meio ambiente. Revelou que sua empresa achou nesta crise uma grande oportunidade de ganhar dinheiro praticando o bem para a natureza e para o mundo. Com cliente como Banco Real, Alcoa e Bosch, a Maxiambiental atua com créditos de carbono e com a certificação de empresas socialmente responsáveis, tendo o “Selo Verde” como referência para empresas com este nível de excelência.

 

Para Petit os desafios são enormes, mas somente com a educação permanente da sociedade e com o envolvimento das empresas este cenário poderá ser modificado.

 

A lição que fica é que as empresas deverão se preocupar com questões além daquelas diretamente ligadas ao seu negócio, dando a sua contribuição para manutenção dos recursos vitais para toda a sociedade. A sustentabilidade virou questão de sobrevivência.

 

Com informações do informativo Fis e Faço, ano 2, n.5

Anúncios
No comments yet

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: