Skip to content

A profissão de Relações Públicas acabou?

15/05/2008

 

MAx Gehringuer

Max Gehringuer dispensa apresentações. O administrador de empresas e autor de diversas obras sobre carreira e gestão pode ser ouvido diariamente pela CBN e a algum tempo nos privilegia com suas reflexões no programa dominical Fantástico, da Rede Globo de Televisão.

Gehringuer também falou sobre a profissão de Relações Públicas e sobre o novo momento vivenciado pela profissão. Parte de sua reflexão é muito verdadeira, mas em determinados momentos ele demonstra o desconhecimento característico da sociedade brasileira sobre a profissão de relações públicas e a dimensão do seu papel estratégico nas organizações.

Confira aqui o que disse Max Gehringuer na CBN

Anúncios
4 Comentários leave one →
  1. Cinara permalink
    15/09/2008 02:58

    É, ele realmente aparenta relativo desconhecimento do mercado de Relações Públicas. É superficial a abordagem de “ela e todos os seus colegas ainda não conseguiram emprego na área”. E qual a formação desses profissionais? Possuem veia empreendedora ou gostariam de apenas assumirem o cargo de “Relações Públicas”. Vivenciaram experiências profissionais durante a faculdade?
    Eu, como estudante e futura RP defendo que há muito espaço a ser preenchido no mercado e que a carência não é de área de atuação, mas de profissionais qualificados.

  2. Ricardo Campos permalink*
    18/09/2008 14:33

    Olá Cinara,

    Acredito que você foi no “ponto-chave” da questão.

    Desde a minha época de estudante tinha a mesma postura crítica em relação a muitos profissionais e estudantes de ficam reclamando que não há espaço para os relações públicas no concorrido mercado de trabalho.

    Já escrevi muitos textos do qual relato minha indignação quanto a inércia de muitos estudantes e quanto a atuação de profissionais que não realizam um trabalho sério, estratégico e de valor para as organizações. E isso tudo é fruto de uma série de fatores:

    – conclusão de um deficiente ensino superior por parte destes profissionais que se limitaram os ensinamentos adquiridos dentro de sala de aula. Sabemos que a academia é um espaço de reflexão e que devemos buscar outras informações sobre a área em sites, listas de discussão e eventos, além de estar antenados nas mais diversas áreas de nossa formação, como marketing, administração, sociologia, etc.

    – a falta de experiências adquiridas por meio de estágios, projetos de pesquisa e extensão, na época da graduação.

    – o fato dos profissionais vislumbrarem o cargo de relações públicas na carteira e não de ser um profissional de relações públicas em qualquer empresa e independentemente das nomenclaturas.

    Você foi brilhante no seu comentário. Para mim também o que falta para que nossa profissão seja realmente valorizada são profissionais qualificados que possam demonstrar para as organizações o seu real valor. Espaço para atuação existe com certeza.

    Um abraço e obrigado pela sua visita.

    Ricardo Campos

  3. Flávia Mendes permalink
    04/02/2009 11:33

    Bom dia Ricardo,
    gostaria de ter acesso as informações de Max Gehringuer na CBN, porém no link informado está matéria não consta mais no site.
    Você ha teria?
    Obrigada

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: