Skip to content

Crise: você está preparado para enfrentá-la?

09/12/2008

 

Eduardo Rosa, na sua obra “A Era do Escândalo”, revela que a reputação de pessoas e de empresas anda por um caminho minado, um território perigoso onde os riscos aumentam a cada dia com o surgimento de novas tecnologias e complexidade das redes sociais e de comunicação.

 

A obra de Rosa, que virou Best Seller para profissionais da área de comunicação, traz dicas preciosas para o enfrentamento de uma crise de imagem.

 

A era do escândalo de Mario Rosa, uma obra imprescindivel

A era do escândalo de Mario Rosa, uma obra imprescindível

 

E você, está preparado para enfrentar uma crise de imagem?

 

Para Rosa as empresas precisam estar preparadas para enfrentar a qualquer momento uma crise que envolva a sua reputação e a de seus gestores e funcionários. Para isso é imprescindível uma Plano de Gerenciamento de Crises que oriente as empresas para os seguintes passos:

 

·          Avaliação das crises mais prováveis: mapeamento das possíveis crises que a sua organização pode passar. Um levantamento minucioso de modo a levar a organização a um autoconhecimento, potencializando assim as chances de prevenção.

 

·          O comando das situações de crise: é necessário ter um comando formado por líderes treinados para lidar em situações desta natureza. São eles que vão manter a empresa funcionando normalmente por meio da cultura organizacional.

 

·          A doutrina da crise: um plano para as crises deve conter um planejamento detalhado de como a organização irá se comportar em cada situação de crise, quais serão as ações e quais pessoas precisarão ser acionadas.

 

·          Base de dados: documentos de informação como procedimentos de segurança, telefones de fornecedores, de autoridades, jornalistas, pesquisas diversas, enfim, de todo o material que sirva de suporte para acionar quem necessita e também na prestação imediata de esclarecimentos.

 

·          Definição do Porta-Voz: elemento chave que tem a missão de informar e esclarecer dúvidas. Necessita ser uma pessoa bem informada, envolvida com a empresa e que possa agüentar a grande exposição a que será submetido.

 

·          Auditorias de crise: auditar permanentemente a organização, ou um líder, para descobrir focos de crises

 

Prevenção. Contras as crises de reputação e imagem não cabe o amadorismo, mas sim um plano completo que resguarde toda a empresa da investida de especuladores e jornalistas que apenas se preocupam no apontamento de culpados. Quando se tem um plano contra crises fica muito mais fácil se antecipar aos possíveis problemas que podem ocorrer diminuindo de forma considerável o impacto num dos bens mais valiosos que pessoas e empresas podem ter, a sua marca.

About these ads
No comments yet

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

Seguir

Obtenha todo post novo entregue na sua caixa de entrada.

%d blogueiros gostam disto: